Áreas de Atuação

O concelho de Figueiró dos Vinhos situa-se na Região Centro do País, a Norte do distrito de Leiria, na denominada Região do Pinhal Interior Norte. O município está dividido em 4 freguesias:

  • Aguda
  • Arega
  • Campelo
  • Figueiró dos Vinhos e Bairradas

É limitado a norte pelo município da Lousã, a leste por Castanheira de Pêra e Pedrógão Grande, a sueste pela Sertã, a sul por Ferreira do Zêzere, a oeste por Alvaiázere, Ansião e Penela e a noroeste por Miranda do Corvo.

  • Área do Concelho: 173,57 Km2
  • População Residente em 2011: 6 169 habitantes

 

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos, por ser o único no Município tem como área de actuação própria o Concelho de Figueiró dos Vinhos. A actuação em local exterior ao Concelho de Figueiró dos Vinhos, só terá lugar em caso de requisição por outros Corpos de Bombeiros ou, por indicação expressa dada pelo organismo de tutela.

Sem prejuízo do nº 1 do Artigo 3º do Regime Jurídico dos Corpo de Bombeiros, aprovado pelo Decreto-Lei 247/2007 de 27 de Junho, o Corpo de Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos poderá exercer todas ou algumas das seguintes missões.

  • A Prevenção e Combate a Incêndios;
  • O Socorro às populações em caso de Incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes, catástrofes ou calamidades;
  • O Socorro a náufragos e buscas subaquáticas;
  • O socorro e transporte de sinistrados e doentes, incluindo a urgência pré–Hospitalar, no âmbito do sistema integrado de emergência médica;
  • A prevenção contra incêndios em edifícios públicos, casas de espectáculos e divertimento público e outros recintos, mediante solicitação e de acordo com as normas em vigor, nomeadamente durante a realização de eventos com aglomeração de público;
  • A emissão, nos termos da Lei, de pareceres técnicos em matéria de prevenção e segurança contra riscos de incêndio e outros sinistros;
  • A colaboração em outras actividades de protecção civil, no âmbito do exercício das funções especificas que lhes forem cometidas;
  • A participação noutras acções, para as quais estejam tecnicamente preparados e se enquadrem nos seus fins específicos;
  • O exercício de actividades de formação e sensibilização cívica, com especial incidência, nos domínios da prevenção contra o risco de incêndios e outros acidentes;
  • A prestação de outros serviços, remunerados ou não, previstos nos regulamentos internos e demais legislação aplicável.